Engenharia Civil Costeira e Portuária

A região costeira é uma zona de interface entre o continente e o mar sujeita a ação de complexos fenômenos naturais (ondas, ventos, marés, correntes, transporte de sedimentos, etc.), portanto, a intervenção do homem nesse ambiente deve ser feita com muita cautela e sempre com base em conhecimentos sólidos desses fenômenos. Como a Engenharia Civil clássica não trata desse tipo de assunto, faz-se necessário adequar e complementar a formação dos engenheiros que vão atuar na zona costeira com a inclusão de disciplinas específicas. Essa é a proposta do curso de Engenharia Civil Costeira e Portuária.

CONTATO

E-mail:
ccengciv@furg.br

 

Telefone:
(53) 3233-6648 ou

(53) 3233-6649

 

Coordenador de curso:

Christian Garcia Serpa

 
Coordenador adjunto:

José Antônio Fonseca de Antiqueira

Área de atuação

Além das áreas clássicas da Engenharia Civil (construção civil, projetos estruturais, geotecnia, hidráulica e saneamento, etc.), um engenheiro com ênfase costeira e portuária pode atuar nas seguintes grandes áreas: Estudos de Processos Costeiros, Obras de Proteção Costeira, Obras e Operações Portuárias, Estruturas Portuárias e Costeiras e Hidráulica Marítima.

Perfil do profissional

engenheiro civil costeiro e portuário é um profissional com conhecimentos de física e matemática inerentes à Engenharia Civil. Além disso, detém um conhecimento aprofundado sobre ondas, marés, correntes marítimas, da dinâmica dos sedimentos na zona costeira e estuarina, sobre particularidades das obras em ambiente marinho, sobre portos e sistemas de transporte aquaviário e algum conhecimento sobre instrumentação aplicada à medição de dados e habilidade de analisar e interpretar informações.


Informações básicas

Duração: 10 semestres
Campus: Carreiros
Turno: integral
Grau: bacharelado
Vagas: 25
Modalidade: presencial

Conheça as disciplinas e professores.